Renata Figueiredo

Nas rodas de serestas, realizadas em sua cidade natal, Itambacuri/MG, a pequena Renata, de olhos ludicamente verdes e cabelos dourados tão singulares, observava os sons emanados pelos violões, violas e vozes e esperava ansiosa, pela oportunidade de por, em seu colo, o violão enquanto um dos instrumentistas ia ao banheiro.

Ainda criança, incentivada por seus pais e pelo seu professor de violão, realizava apresentações cantando para diferentes plateias. Notava-se seu timbre único e a afinação.
Sua experiência como musicista religiosa, no início da adolescência, lhe foi também um fundamento.

No decorrer do tempo, cursou música pela Universidade Estadual de Montes Claros e violão clássico no Conservatório Estadual Lorenzo Fernandez onde, depois de formada, foi professora.
Além disso, participou de projetos de arte-educação e de inúmeros festivais de música na Bahia, Espírito Santo e Minas Gerais.

Em 2009, buscando ampliar e divulgar sua experiência musical mudou-se para São Paulo, e em 2015 passou a integrar o Zelopin Amarelo.